Notas

Mulheres-Bioma reafirmam base de resistência em posse ancestral de deputadas indígenas

Mais de 400 mulheres mobilizadas empossaram Célia Xakriabá e Sônia Guajajara em ato histórico que simboliza novo retrato do Congresso Nacional   Fato inédito na Câmara dos Deputados, a investidura de duas mulheres indígenas da bancada do cocar como deputadas eleitas foi reforçada pela “Posse Ancestral” da Articulação das Mulheres Indígenas Guerreiras da Ancestralidade (Anmiga). […]

Mulheres-Bioma reafirmam base de resistência em posse ancestral de deputadas indígenas Read More »

Carta manifesto do I Seminário das Originárias da Terra

Durante os dias 15 e 16 de outubro de 2022, as Mulheres Terra, Raízes, Sementes e Água* da Articulação Nacional das Mulheres Indígenas Guerreiras da Ancestralidade (ANMIGA) se reuniram em Brasília para realizar o I Seminário das Originárias da Terra. As 62 mulheres indígenas presentes no encontro representam lideranças nacionais, regionais, locais e internacionais do

Carta manifesto do I Seminário das Originárias da Terra Read More »

MANIFESTO CONTRA A VIOLÊNCIA DE GÊNERO, RACISMO CONTRA A MULHER INDÍGENA, E DA INTOLERÂNCIA RELIGIOSA, E CONTRA A INCONSTITUCIONALIDADE DA PROPOSTA DE LEI N°191/2020

Texto: Mulheres Terra/ANMIGA   Nós Indígenas Mulheres da rede ANMIGA – nos somamos as nossas ancestrais, com as nossas vozes e corpos coletivos para denunciar os contínuos ataques que estamos sofrendo, diante de muitas violências, silenciamentos e discriminação de gênero. Todo dia uma de nós é agredida, violentada, espancada ou morta! Chega de violência contra

MANIFESTO CONTRA A VIOLÊNCIA DE GÊNERO, RACISMO CONTRA A MULHER INDÍGENA, E DA INTOLERÂNCIA RELIGIOSA, E CONTRA A INCONSTITUCIONALIDADE DA PROPOSTA DE LEI N°191/2020 Read More »

CARTA DAS PRIMEIRAS BRASILEIRAS

Somos raízes e cura da terra   1 MULHERES ORIGINÁRIAS 1.1 A ANMIGA – Articulação Nacional das Mulheres Indígenas Guerreiras da Ancestralidade é um movimento ancestral, tradicional e social, criado e constituído por indígenas mulheres dos seis biomas brasileiros, desde o chão da aldeia ao chão do mundo. 1.2 Somos Mulheres Biomas, porque somos terra,

CARTA DAS PRIMEIRAS BRASILEIRAS Read More »

MANIFESTO REFLORESTARMENTES: Reflorestarmentes de sonhos, afetos, soma, solidariedade, ancestralidade, coletividade e história.

As mulheres indígenas do Brasil, reunidas e mobilizadas por meio da Articulação Nacional de Mulheres Indígenas Guerreiras da Ancestralidade – ANMIGA, apresentam ao mundo o Reflorestarmentes. Trata-se de um grande chamamento que fazemos à humanidade, na tentativa de proporcionar a todos os povos do mundo uma nova forma possível de nos relacionarmos com a Mãe

MANIFESTO REFLORESTARMENTES: Reflorestarmentes de sonhos, afetos, soma, solidariedade, ancestralidade, coletividade e história. Read More »

Pela vida das mulheres, NÓS POR NÓS, pelas crianças e anciãs, seguimos em marcha!

A II Marcha das Mulheres Indígenas será realizada nesta sexta-feira (10) e não mais na manhã de hoje, 9 de setembro, como estava prevista na programação da mobilização, em Brasília. A decisão tem como objetivo garantir a vida das mulheres, anciãs, jovens e crianças presentes, na mobilização que acontece desde o dia 7 de setembro,

Pela vida das mulheres, NÓS POR NÓS, pelas crianças e anciãs, seguimos em marcha! Read More »

II Marcha Nacional das Mulheres Indígenas: “Não lutar com a mesma arma do inimigo, não significa que estamos desarmadas”

Reunindo mulheres de todos os biomas, as guerreiras da ancestralidade dão início, neste 7/09, à Marcha Nacional e assumem a linha de frente para enterrar de vez o “Marco Temporal”; o evento se estende até 11/09   Por assessoria de Comunicação da Anmiga Neste 7 de setembro, mulheres indígenas guerreiras da ancestralidade de todos os

II Marcha Nacional das Mulheres Indígenas: “Não lutar com a mesma arma do inimigo, não significa que estamos desarmadas” Read More »

NOTA RAISSA GUARANI

No dia Internacional dos Povos Indígenas, fomos surpreendida com mais uma notícia triste que mata parte de nós, nosso coração sangra com tamanha barbaridade, semana passada foi Daiana Kaingang brutalmente assassinada esquartejada, hoje Raissa Guarani Kaiowá, parem de matar o corpo e futuro de nossas crianças e Jovens, quando nos perguntam qual é o nosso

NOTA RAISSA GUARANI Read More »